Como aplicar storytelling em treinamentos corporativos?

Você já percebeu que todos nós temos boas histórias para contar, entretanto, poucas pessoas conseguem prender a atenção do ouvinte ao narrar o acontecimento? Isso acontece pela falta de storytelling, uma técnica que permite ao leitor ou ao ouvinte se conectar com o que está sendo contado.

Mas, por que isso é importante para os treinamentos corporativos? É a forma de proporcionar um treinamento mais imersivo de aprendizagem e engajar mais os participantes a cumprirem as atividades propostas.

Continue a leitura para aprender a aplicar o storytelling em treinamentos corporativos da sua empresa!

O que é storytelling?

É comum os adultos contarem histórias para as crianças com o objetivo de passar um valor moral, ou ainda, para entretê-las. Isso contribui na internalização das informações e do aprendizado.

Sendo assim, o storytelling nada mais é do que o ato de contar boas histórias. No treinamento corporativo, ela é uma técnica usada para desenvolver os colaboradores profissionalmente, sejam com novos conhecimentos ou habilidades.

Quais são os benefícios do storytelling em treinamentos?

Os treinamentos corporativos ganharam ferramentas que permitem uma aprendizagem participativa dos colaboradores, afinal o treinamento não precisa ser uma atividade monótona. Além disso, o storytelling traz os seguintes benefícios:

Baixo Investimento financeiro

Para a confecção de materiais e definição de estratégias não é preciso um alto investimento financeiro, pois, a partir do momento que o gestor aprende a técnica, ele consegue definir um objetivo e direcionar os colaboradores para atingir o alvo.

Receptividade dos colaboradores

Sem contar que os colaboradores têm melhor receptividade do conteúdo, pois participam ativamente da construção do seu próprio aprendizado, diferente de uma palestra tradicional, que pode ser monótona e cansativa para as pessoas que estão assistindo.

Treinamento Humanizado

Por meio da narrativa apresentada os funcionários adquirem mais empatia. Dependendo do objetivo do treinamento, uma parte dos colaboradores podem realizar simulações em que se colocam no lugar dos consumidores que passaram por problemas e a outra metade precisa encontrar uma forma de solucionar o problema.

Conexão com o aprendizado

Como falamos até aqui, uma história bem contada ativa partes do cérebro que liberam dopamina e produzem conexões mais fortes com as informações que estão sendo passadas e uma associação emocional com os ensinamentos.

Kaptiva

Como aplicar o storytelling em treinamentos corporativos!


1. Conheça o seu público

Antes de decidir qual história contar, o gestor deve pesquisar quem é o público alvo e qual o objetivo que ele pretende alcançar com o treinamento. Por exemplo, contar uma história por contar, não fará a organização sair do lugar. 

É importante que o gestor se reúna com a equipe de recursos humanos e defina quais serão os conhecimentos compartilhados e as habilidades desenvolvidas.

2. Utilize metáforas

Para facilitar a construção do storytelling nos treinamentos, procure usar metáforas, arquétipos e até fábulas ao transmitir as informações. Esses modelos de narrativa vão ajudar os colaboradores a compreenderem melhor a mensagem, se possível, evite utilizar jargões e termos técnicos, quando não houver necessidade, isso vai garantir que um número maior de funcionários tenha um aprendizado eficiente. 

3. Escolha o melhor formato

Engana-se quem acredita que o formato não é tão importante quanto a mensagem. Para cada informação passada existe um formato que vai facilitar a aprendizagem e conexão com o conteúdo. 

Por exemplo, o gestor pode utilizar infográficos para compartilhar dados com os colaboradores, além de ser visualmente mais interessante, garante também a atenção dos ouvintes. Os materiais podem ser:

  • Vídeos curtos;
  • Apostilas;
  • Games;
  • Palestras; 
  • Webinars e entre outros.

4. Aposte em dados

Utilizar dados oficiais de instituições relevantes para a sua área de atuação vai trazer mais confiança e veracidade para a história que está compartilhando com a equipe.

5. Valorize a cultura da empresa

Por fim, procure valorizar a cultura organizacional da sua empresa. Quanto mais parecido for o ambiente de trabalho com as histórias contadas, maior será o sentimento de pertencimento e a colaboração dos funcionários.

Em geral, o uso do storytelling na educação corporativa é um excelente recurso para promover um aprendizado real e que será usado diariamente pelos funcionários, afinal um bom treinamento precisa gerar funcionários preparados para suas funções.

Além disso, o aprendizado a partir de histórias promove uma maior conexão, reconhecimento e assimilação do conteúdo, ou seja, o aprendizado é para a vida inteira.

Continue acompanhando nosso blog para saber mais sobre storytelling e outras técnicas que levarão mais sucesso para os treinamentos da sua empresa! 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *